Chã dos Navegantes

Localização: Cabo Espichel (Freguesia do Castelo)

Classificação: Inexistente

Estatuto de Proteção: Parque Natural da Arrábida; POOC Sintra – Sado; Rede Natura

Interesse: Interesse científico: elevado | Interesse didáctico: médio Interesse cultural: elevado

Vulnerabilidade: Fenómenos naturais: alta Ação humana: baixa

A Chã dos Navegantes apresenta-se como um nível aplanado, entalhado na escarpa rochosa no Cabo Espichel, que corresponde a antigo terraço marinho ou praia levantada, e que testemunha uma diferente posição do nível do mar durante a última inter-glaciação (Riss-Würm), há cerca de 100 000 anos.

Situado na   região no  litoral meridional do Cabo Espichel, o extremo ocidental da cadeia montanhosa da Arrábida, percorre terrenos formados durante o Jurássico (entre os 190 e os 145 milhões de anos) e em parte coincide com o traçado da GR II E9 Rota do Cabo, que integra o Caminho do Atlântico.

De uma beleza indescritível pelo contraste serra/mar, no caminho que nos leva até à Chã dos Navegantes, por entre a densa vegetação, o caminhante poderá tomar contacto com testemunhos da história local, como é o caso do Forte de S. Domingos da Baralha, construído no séc. XVII, que apesar de se encontrar em estado de ruína, em consequência do seu abandono após as guerras liberais, não deixa de apresentar a imponência do pano de muralha e da cisterna integrada na plataforma do edifício.

Este local está inserido na PR1SSB – Chã dos Navegantes

Acesso Livre - Local com painéis interpretativos