Jazida de Icnofósseis de Dinossáurio da Pedra da Mua

Localização: Cabo Espichel (Freguesia do Castelo).

Classificação: Monumento Natural, por Decreto n.º 20/97, de 7 de Maio.

Estatuto de Proteção: Parque Natural da Arrábida; POOC Sintra – Sado; Rede Natura.

Interesse: Interesse científico: elevado | Interesse didáctico: elevado | Interesse cultural: elevado.

Vulnerabilidade: Fenómenos naturais: alta Ação humana: média

No flanco sul da enseada dos Lagosteiros, em lajes de calcários do Jurássico superior (± 150 M.a.), com uma inclinação de cerca de 40º, podemos observar a jazida de pegadas de dinossáurio de Pedra da Mua. Nesta jazida encontram-se vários conjuntos de trilhos deixados por dinossáurios saurópodes (quadrúpedes e herbívoros) e terópodes (bípedes e carnívoros).  Uma das camadas revela sete pistas paralelas produzidas por jovens saurópodes, consideradas um bom exemplo de que estes animais, pelo menos enquanto jovens, teriam comportamento gregário.

Alguns destes trilhos estarão na origem da lenda de Nossa Senhora do Cabo, vinda da Idade Média (pelo menos desde o séc. XIV), que fala das pegadas de uma mula gigante (ou mua, em português arcaico), impressas na arriba, que terá transportado Nossa Senhora, ou a sua imagem, desde o nível do mar até ao cimo do Cabo.

Este local está inserido na PR2SSB – Maravilhas do Cabo

Acesso livre - Local com painéis interpretativos