Vale Tifónico de Sesimbra

Localização: Sesimbra (Freguesia de Santiago)

Classificação: Inexistente

Estatuto de Proteção: Inexistente

Interesse: Interesse científico: elevado | Interesse didáctico: elevado Interesse cultural: médio

Vulnerabilidade: Fenómenos naturais: baixa Ação humana: baixa

Descrição: As escarpas rochosas que se percorrem ao longo da costa meridional de Sesimbra, desde a região do Cabo Espichel, são bruscamente interrompidas pelo vale tifónico de Sesimbra.

Um vale tifónico é um vale associado a uma estrutura geológica particular que toma a designação de estrutura diapírica (ou diapiro). A evolução desta estrutura promoveu, devido a diferenças de densidade das rochas, a ascensão a níveis menos profundos da crosta e, finalmente, a exposição à superfície, de uma unidade de argilas margosas e salíferas, conhecidas por Margas de Dagorda. A formação de um vale neste local deve-se, portanto, ao afloramento destes materiais que, por oferecerem menor resistência à erosão do que as rochas calcárias envolventes, foram muito mais facilmente removidas por ação dos agentes de erosão meteóricos (principalmente chuvas e ventos).

Corresponde à localização da vila de Sesimbra

Acesso livre