Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Cronologia

 

  • 2014 - No dia 25 de Julho, Teresa Salgueiro atua na inauguração da obra de recuperação;
  • 2013 - Em abril inicia-se a 2.ª fase de requalificação. Arrancou a empreitada da 2.ª fase de requalificação, da Fortaleza de Santiago que vai acolher o futuro Museu do Mar e o Posto de Turismo. A obra representa um investimento de 736 mil euros e faz parte do Programa Integrado de Valorização da Frente Marítima de Sesimbra, apoiado pelo QREN;
  • 2012 - Em março tem início a primeira fase da requalificação. A intervenção, apoiada pelo QREN/POR Lisboa, implicou a remoção das estruturas que não faziam parte da construção original, reparação de fachadas, limpeza e restauro de cantarias, impermeabilização dos terraços dos baluartes, infraestruturas de águas, eletricidade e esgotos, entre muitos outros trabalhos;
  • 2010 - Em abril é assinado o Auto de Restituição da Fortaleza. A Direção-geral do Tesouro e Finanças, a Guarda Nacional Republicana e a Câmara Municipal celebraram o Auto de Restituição, Cedência de Utilização e Aceitação da Fortaleza de Santiago. Nos termos deste compromisso, a GNR restituiu à DGTF o imóvel e, por sua vez, esta autorizou a cedência de utilização ao município por um período de 87 anos;
  • 2006 - Fortaleza aberta à população. No dia do município, 4 de maio, a Fortaleza de Santiago abre ao público, um momento de grande simbolismo, esperado há vários anos. O acordo celebrado entre a Câmara Municipal e a GNR prevê a utilização do espaço para realização de diversos eventos e é um primeiro passo para a transferência deste imóvel para a gestão municipal;
  • 2002 - A Câmara Municipal de Sesimbra deliberou aprovar por unanimidade a proposta geral de programa museológico e respetiva ocupação funcional da Fortaleza de Santiago, tendo em vista o desenvolvimento do respetivo projeto de reabilitação e utilização pública;
  • 1981 - Em ofício remetido à Direção Geral do Património do Estado, a Câmara Municipal de Sesimbra reitera a intenção de utilizar a Fortaleza de Santiago como edifício polivalente para os seguintes usos: Museu do Mar, Centro de Convívio para Velhos Pescadores, Salas de Exposições, Biblioteca-Museu;
  • 1977 - Imóvel de Interesse Público, Decreto nº 129/77, DR, 1.ª série, n.º 226 de 29 setembro 1977;
  • 1973 - O Prof. Agostinho da Silva escreve “Anotações para um projeto” no suplemento do jornal “O Sesimbrense” tendo em vista o lançamento dos fundamentos conceptuais para a instalação do “Museu do Mar” na Fortaleza de Santiago;
  • 1965 - A Câmara Municipal de Sesimbra pretende instalar na Fortaleza de Santiago uma casa chã, aproveitando o resto do imóvel para a criação de um espaço museológico;
  • 1958 - A Fortaleza de Santiago acolhe as cerimónias do Campeonato do Mundo de Caça Submarina;
  • 1955 - Arquiteto António Lino e o topógrafo Rogério Pereira são responsáveis pela execução do projeto de adaptação da Fortaleza de Santiago a Hotel de Turismo (reservando-se uma pequena instalação para uma Secção de Pesca Oceânica);
  • 1938 - Com a inauguração da Colónia Balnear Infantil da Guarda-Fiscal, foram efetuadas algumas alterações no interior do edifício, nomeadamente ao nível da construção de balneários e de tanques;
  • 1886 - Forte foi cedido à Alfândega;
  • 1879 - Instalação da Guarda Fiscal;
  • 1846 - Último registo com referência à existência de uma guarnição sediada na Fortaleza de Santiago;
  • 1755 No decurso dos estragos resultantes do terramoto, estão documentadas obras de reconstrução da muralha Norte, da porta de entrada e do Quartel do Capitão-Mor;
  • 1712 - A Fortaleza de Santiago acolheu o governo militar da região que superintendia todos os fortes costeiros;
  • 1642-49 - Construção da Fortaleza de Santiago, sob traço de arquiteto e engenheiro militar neerlandês João de Cosmander (Hertogenbosh, 7 de abril de 1602 - Olivença, 20 junho de 1648), a qual resultou, muito provavelmente, do reaproveitamento de algumas estruturas do antigo forte manuelino, também designado Forte de Ancua.

 

Município de Sesimbra © 2015 | Todos os direitos reservados