Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Cemitérios Municipais

imagem

 

Em Sesimbra existem quatro cemitérios públicos, cuja gestão é da responsabilidade da Câmara Municipal. O cemitério do Castelo, localizado dentro das muralhas, e atualmente em fase de desativação, o cemitério de Santiago, na vila de Sesimbra, o cemitério de Aiana e o cemitério da Quinta do Conde.

Os cemitérios do Castelo e da vila de Sesimbra são, naturalmente, os mais antigos do concelho e portanto seguem uma conceção tradicional. Os cemitérios de Aiana e da Quinta do Conde são equipamentos contemporâneos e apresentam um conceito inovador, em termos de gestão e organização.

Apesar das diferenças claras entre os dois tipos de equipamento, a Câmara Municipal tem tido o cuidado de proceder a melhoramentos que se adaptem a cada realidade.

Em 2011 o concelho passou a contar com complexo funerário e forno crematório, na Quinta do Conde, que será explorado por uma empresa da especialidade durante 20 anos, ao abrigo de um acordo com a autarquia.

Inumação

A inumação (enterramento) é efetuada através de requerimento dirigido ao presidente da Câmara Municipal num dos balcões de atendimento da autarquia.

Exumação

É o processo de abertura de sepultura (temporária, local de consumpção aeróbia ou caixão de metal) onde se encontra o corpo. Pode ser de iniciativa municipal, por questões de gestão técnica do próprio cemitério, ou solicitada através de requerimento dirigido ao presidente da autarquia.

Transladação

A transladação significa o transporte de corpo inumado em jazigo ou de ossadas para local diferente daquele em que se encontra, a fim de ser de novo inumado, cremado ou colocado em ossário.

Os compartimentos de ossários destinam-se ao depósito de ossadas após o processo de exumação. Podem ser também destinados à colocação de urnas com cinzas.

 

Município de Sesimbra © 2015 | Todos os direitos reservados