Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C
Depois
Depois
Máx C
Mín C

Colóquio Da Conquista de Lisboa à Conquista de Alcácer

Conquista lisboa sesimbra alcacer 1 1024 2500
10 Maio 2017

O colóquio internacional itinerante Da Conquista de Lisboa à Conquista de Alcácer: Definições e Dinâmicas de um Território de Fronteira, que decorre nos dias 19, 20 e 21 de maio, em Palmela, Alcácer do Sal e Sesimbra, pretende assinalar a passagem do VIII centenário da conquista de Alcácer do Sal e o 870.º aniversário da conquista de Lisboa pelas forças portuguesas e cruzadas.

Ao longo dos três dias, o evento reúne um conjunto variado de especialistas dos períodos medieval islâmico e medieval cristão peninsular, que vai procurar reavaliar e debater a forma como os setenta anos que separam as duas conquistas caraterizaram e influenciaram o desenvolvimento deste território, que se estende entre Lisboa e Alcácer do Sal.

O evento é organizado pelo Centro de História da Universidade de Lisboa, Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora, Instituto de Estudos Medievais da Universidade Nova de Lisboa e câmaras municipais de Alcácer do Sal, Palmela e Sesimbra.

As inscrições são gratuitas, mas limitadas à capacidade das salas. O formulário de inscrição, disponível nas páginas da internet das entidades organizadoras, deve ser enviado até 17 de maio para o e-mail patrimonio.cultural@cm-palmela.pt. Mais informações pelo telefone 21 233 66 40.

Programa

19 MAI | sexta
9h - Receção aos participantes e entrega de documentação
9.30h - Sessão de Abertura
9.45h - Considerações Introdutórias, por José Mattoso (IEM-Universidade Nova de Lisboa)
10.10h - Pensamento, Ação e Impacto de Almorávidas e Almóadas no Al-Andalus, por Maria Jesús Viguera Molíns (Universidade Complutense de Madrid)
10.35h - Pausa
11h - Art et Architecture des Almoravides face à l’avancée Almohade. Quelques Observations, por Patrice Cressier (CIHAM-UMR 5648, Lyon)
11.25h - Fronteiras Entre a Arte Almorávida e Almóada: Oposição e Complementaridade, por María Marcos Cobaleda e Dolores Villalba Sola (IEM-Universidade Nova Lisboa)
11.50h - Entre Lisboa e Alcácer: Mouros Forros e Disputas Jurisdicionais, por
Maria Filomena Barros (CIDEHUS-Universidade de Évora)
12.15h - Debate
13h - Pausa para Almoço
14.45h - Um Reino sob a Proteção de São Pedro. As Relações Entre Papado e Portugal de uma Perspetiva Romana (1143-1211), por Francesco Renzi (FL-Universidade do Porto-CITCEM)
15.10h - A Restauração da Diocese de Lisboa (1147) no Contexto da Formação de uma Igreja Portuguesa, por Luís Carlos Amaral (FL-Universidade do Porto-CITCEM; CEHR)
15.35h - Bishop Soeiro (II) Viegas of Lisbon and the First Portuguese Crusade, por Jonathan Wilson (IEM-Universidade Nova Lisboa)
16:00 > Lisboa nas vésperas da conquista: da política à topografia
Inês Lourinho (CH-Universidade de Lisboa) e Manuel Fialho (CH-Universidade de Lisboa/GEO-CML)
16.25h - Pausa
16.50h - A Arte Entre Fronteiras. A Emergência de uma Nova Paisagem Monumental Entre
o Norte e o Sul, entre o Românico e o Gótico, por Paulo Almeida Fernandes (CEAACP; IEM-Universidade Nova de Lisboa)
17.15h - Almorávidas e Almóadas na Costa Atlântica do Garb al-Andalus: Entre a Guerra e o Comércio, por Christophe Picard (Paris 1-Panthéon Sorbonne)
17.40h - Debate
18.45h - Visita ao castelo de Palmela seguida de moscatel de honra
Auditório da Biblioteca Municipal de Palmela

20 MAI | sábado
9h - Receção de participantes
9.30h - Sessão de Abertura
9.45h - Al-Balât. Vida y Guerra en la Frontera de al-Andalus (m. s. XII), por Sophie Gilotte (CNRS, CIHAM-UMR-5648)
10.10h - Em Torno da Fronteira de Évora, Hermínia Vilar (CIDEHUS-Universidade de Évora)
10.35h - De Lisboa a Alcácer: os Caminhos do Sul, por Luís Filipe Oliveira (Universidade do Algarve)
11h - Pausa
11.25h - Em torno da conquista de Alcácer, por Hermenegildo Fernandes (CH-Universidade de Lisboa)
11.50h - A Guerra de Cerco (de 1147 a 1217), por Mário Jorge Barroca (FL-Universidade do Porto-CITCEM)
12.15h - Debate
12.45h - Descerramento de placa comemorativa dos 800 anos da reconquista de Alcácer do Sal
13h - Pausa para Almoço
15h - O Assédio a Alcácer, Alguns Problemas de História Militar, por José Varandas (CH-Universidade de Lisboa)
15.25h - Sub Tuum Praesidium: os Primeiros Templos de Alcácer Após a Reconquista, por
Maria Teresa Lopes Pereira (IEM-Universidade Nova Lisboa)
15.50h - Debate
16.15h - Inauguração da exposição 1217 – Imagens de Duas Culturas
17h - Apresentação da peça A Reconquista e a Moura Almira
18h - Visita à Cripta Arqueológica do Castelo de Alcácer do Sal
Auditório da Pousada de Alcácer do Sal

21 MAI | dom
9h - Receção de participantes
9.30h - Sessão de Abertura
9.45h - Paisajes Urbanos del Gharb al - Andalus en Época Almohade, por
Christine Mazzoli-Guintard (Université de Nantes)
10.10h - A Placa de Sesimbra e Outras Expressões Epigráficas Almorávidas e Almóadas a Sul do Tejo, por Maria Antónia Martínez Núñez (Universidad de Málaga)
10.35h - Ideologia de Cruzada e Ordens Militares no Contexto da Reconquista (Séc. XII-XIII), por Carlos de Ayala Martínez (Universidad Autónoma de Madrid)
11h - Pausa
11.25h - Estratégias Régias de Ocupação do Território entre Lisboa e Alcácer, por Maria João Violante Branco (IEM-Universidade Nova de Lisboa)
11.50h - A Ocupação Cristã da Península de Setúbal: a Definição dos Concelhos de Almada e Sesimbra, por José Augusto Oliveira (IEM e CEH-Universidade Nova de Lisboa)
12.15h - A paisagem do território de entre Tejo e Sado através da documentação (Séc. XII-XIII), por Manuela Santos Silva (FL-Universidade de Lisboa)
12.40h - Debate
13.10h - Pausa para Almoço
15h - Velhos e Novos Problemas em Torno da Conquista de Lisboa, por Pedro Barbosa (CH-Universidade de Lisboa)
15.25h - A Guerra entre os Meados do Séc. XII e as Navas de Tolosa, por Francisco García Fitz (Universidad de Extremadura)
15.50h - Debate
16.15h - Visitas ao Museu Marítimo de Sesimbra, ao Castelo de Sesimbra e ao Santuário do Cabo Espichel
Cineteatro Municipal João Mota, Sesimbra

Município de Sesimbra © 2015 | Todos os direitos reservados